InterfacEHS - Revista de Saúde, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Vol. 6, No 1 (2011)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A CARACTERIZAÇÃO E O ZONEAMENTO AMBIENTAL COMO INSTRUMENTOS PARA GESTÃO DE UM PARQUE ZOOLÓGICO – ESTUDO REALIZADO NO ZOOLÒGICO MUNICIPAL DE MOGI MIRIM/SP

Luciana Mara Ribeiro Marino, José Eduardo dos Santos, Luiz Eduardo Moschini

Resumo


Os Zoológicos modernos se encontram em um estágio contínuo de aperfeiçoamento para o atendimento de suas principais funções: conservação, pesquisa, educação e lazer educativo. Devido a diversidade de suas funcionalidades, a compreensão da relação existente entre a proteção (preservação, conservação e recuperação) ambiental e o uso público dos Zoológicos para atividades recreativas ou educativas tornou-se o grande desafio dos administradores destas instituições. O presente artigo objetiva apresentar instrumentos importantes para a obtenção de informações necessárias para a elaboração e desenvolvimento de um plano de manejo de um Parque Zoológico. O trabalho foi realizado no Parque Zoológico Municipal de Mogi Mirim por meio da realização da caracterização ambiental do Zoológico  e em seu entorno imediato, com base no uso de Sistemas de Informações Geográficas, tornando possível a elaboração de um banco de dados georreferenciados e de cartas temáticas de diversos parâmetros estruturais da unidade (limites, hidrografia, malha viária e usos da terra). Os resultados permitiram a elaboração de uma proposta do zoneamento ambiental para o Zoológico e para sua zona de amortecimento em termos dos riscos ambientais resultantes dos tipos e intensidades dos usos da terra do entorno imediato. O zoneamento ambiental constitui-se como componente primário do plano de manejo, um documento de declaração pública das intenções da instituição gestora do Zoológico na perspectiva de assegurar o cumprimento das suas verdadeiras funções.

 

Palavras-chave: caracterização ambiental; zoneamento ambiental; gestão; parque zoológico

 

Abstract

 

The modern Zoos are in a continuous improvement for the attendance of your principal functions - leisure, education, conservation and research. The understanding of the relationship among the environmental protection (preservation, conservation and recovery) and the public use of the Zoos for activities recreational or educational has been the administrators' of these institutions great challenge. The present work had as objective the environmental characterization and zoning of the Municipal Zoological Park of Mogi Mirim and its immediate surrounding to subsidize your management plan. The Zoological Park environmental characterization was made based on the use of Geographical Information Systems, making possible the elaboration of a georeferenced database and thematic maps of several landscape structural elements (limits, hydrography, road net and land use). These results allowed the proposition of a Zoo’s conceptual environmental zoning and for your buffer zone, in terms of the environmental risks resulting from the types and intensities of the immediate surrounding land uses. The environmental zoning constitutes the primary component of a management plan, a public declaration document of the institution manager's of the Zoological Park intentions in the perspective to assure the execution of your functions.

 

Keyword : environmental characterization, environmental zoning, management, zoo


Texto Completo: PDF

InterfacEHS - Revista de Saúde, Meio Ambiente e Sustentabilidade
Publicação Científica do Centro Universitário Senac